UMA NOITE QUALQUER… ONDE POSSO ENXERGAR AS NUVENS

Esta é uma noite qualquer numa grande cidade. Onde moro, é comum. E isso porque moro na maior cidade do estado, num bairro próximo do Centro, num lugar onde todo mundo passa.

Entre as ruas principais, como se eu morasse no canteiro central de uma grande avenida. Mas aqui é um binário. De onde você vem, não é de onde você vai.

É uma noite qualquer, aonde eu posso ficar na rede e ouvir o canto dos pássaros. Enxergar as nuvens. E até ver crianças brincando em plenas vinte horas. E isso sem delírio nenhum. É assim mesmo por aqui.

Não parece uma rua como tantas ruas nesta cidade. Nem parece uma rua de uma capital de estado. Nem parece uma rua no meio de duas movimentadas do bairro onde você mora.

Mas é a minha rua. Onde vivo. Onde escrevo. Onde me inspiro. E de onde as heranças do interior de onde muitos vieram se consolidaram aqui.

Onde uma noite que para mim parece tediosa, talvez seja a que todo mundo sonhe passar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Como aceitar o convite de posts colaborativos no Instagram Como publicar posts colaborativos no Instagram Posts no Instagram no computador para todos A nova home do Blog Josivandro Avelar Novidade no Close Friends do Instagram