Image

Tempestade de trovões

Quem nunca teve medo de trovão? Quando a gente cresce, a gente entende e perde esse medo, como perde aquilo que até um tempo atrás a gente entendia ser medo.

Ontem eu dormi, mas não sem antes ouvir o barulho dos trovões. Como eu moro em uma casa, não pude ver raios, mas pude ver os clarões dos relâmpagos como um flash de uma fotografia. E pensar que quando eu era criança, eu já tive medo de trovão. Aliás, quem nunca teve medo de trovão, não é mesmo?

Afinal, não era todo dia que a gente via luzes no céu como flashes de fotografia. Quando a gente é criança, sente medo de um monte de coisas. Quando se cresce, do nada a gente perde esses medos, como se a convivência com o que nós consideramos como nossos medos nos ensinasse a lidar com naturalidade.

E em um tempo como esse, louco desse jeito, onde a gente não sabe se faz calor ou se vai chover, a gente precisa estar preparado para qualquer coisa, afinal, são efeitos do clima, principalmente de todas aquelas coisas que eu disse lá atrás sobre como as mudanças climáticas impactariam nas nossas vidas.

Toda vez que uma tempestade de trovões como a da madrugada de ontem acontecer, eu não terei o que temer, como eu não tenho o que temer, ainda mais quando se sabe o que são e o que causam os raios, relâmpagos, trovões, essas coisas que iluminam o céu toda vez que fica, como dizem “bonito pra chover”.

Já enfrentei até vento forte na semana retrasada. O importante é não ter medo daquilo que naturalmente acontece.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 132: Que tal mais um pouquinho de bastidores?
  2. Luneta Sonora 131: É feriado, mas eu tenho que gravar
  3. Luneta Sonora 130: Mais uma semana trazendo novidades
  4. Luneta Sonora 129: Um episódio organizado no meio da desorganização
  5. Luneta Sonora 128: Só mais um episódio com recados da semana
  6. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.