QUANDO VOCÊ ACHA QUE JÁ NÃO FIZERAM NADA PARA ATRAPALHAR A VIDA DE QUEM USA O TRANSPORTE PÚBLICO…

…Lá vem a Semob e acaba com a linha 600-Bessa/Shopping, que ligava o Centro ao Val Paraíso via Tancredo Neves.

adeus600

Os dois carros da linha, que tinha uma demanda considerável e até era comum encontrar carros cheios do 600 em horários de pico, serão remanejados para a linha A600-Manaíra Shopping (hã??), que tem um itinerário resumido, vai só até o Hiper Bompreço, onde outras linhas já trafegam. Por consequência, a linha tem uma demanda muito baixa. O máximo que dá pra ver de demanda é de 15 passageiros numa viagem dessa linha. Ou menos.

Agora a grande novidade é que veremos um carro atrás do outro do A600. Nem se surpreenda se você ver dois carros dessa linha juntos.

E quem dependia do 600, a Semob recomendou simplesmente que… Use o 603. 603? Hã?

603 lotado

Isso mesmo. Na nota divulgada no site da PMJP, solenemente a Semob recomenda aos passageiros que dependiam da linha usarem o 603-Bessa. Acontece que todo mundo sabe que em horário de pico a linha enche. E vai ter mais sobrecarga. Nenhum reforço para a linha foi anunciado pelo órgão. Ou seja, o que já era tenso para quem usa o 603 vai ficar muito pior.

A Semob não conseguiu arrumar uma explicação convincente para a mudança no release da Prefeitura. Tente procurar uma para mim neste link.

A alteração vale a partir de amanhã, 3 de novembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

100 histórias A mudança das cores do WhatsApp Como usar o WhatsApp em múltiplos aparelhos Celulares onde o WhatsApp vai parar de funcionar Como funciona a verificação de contas no Instagram Como aparecer na pesquisa do Instagram Lista Telefônica é da sua época? Onde o WhatsApp vai parar de funcionar O Instagram bugou de novo! Ouvindo áudio antes de postar no WhatsApp Web Política de privacidade do WhatsApp ajustada para o Brasil Instagram dá fim ao “arrasta para cima”