Image

Pensando no futuro (com a cabeça no passado)

Você passa mais tempo pensando no futuro ou no passado? Por quê?

Você passa mais tempo pensando no futuro ou no passado? Por quê?

Pensando no futuro, porque o presente passa rápido demais. Em setembro deste ano, eu completo 35 anos de idade. E parece que o tempo não passou para mim na mesma velocidade que passou para todas as pessoas com quem eu convivi. O tempo, esse ser implacável que ninguém vê, mas percebe quando passa.

E diante de tudo isso, você fica com a cabeça no passado, porque termina se lembrando das coisas que você queria ter feito se não fossem os erros que você cometeu lá atrás – ou que acredita que cometeu. Acha que ainda dá tempo de consertar. Mas o que aconteceu, tinha que acontecer. Bola para frente.

Todo ano é um turbilhão de emoções. E quando você acha que o tempo não corre, se dá conta de que ele está rápido demais. E vendo o tempo passar, você muitas vezes perde o bonde do tempo. E fica se perguntando como foi que perdeu esse bonde. Só resta esperar o próximo e não perder!

Mas é assim. Não tem mais o que se fazer quando o tempo passa. O tempo simplesmente passa. E enquanto passa, você precisa aproveitar do jeito que pode. E por isso eu penso no futuro que talvez nem vá chegar. E que por outro lado quando chega, seja talvez melhor do que imaginei.


Uma pergunta sugerida pelo Daily Prompt do Jetpack: diariamente, toda vez que eu abro o app ou a sugestão de escrita diária, o Daily Prompt me sugere um tema. Siga-me no Instagram, no TikTok e nas demais mídias sociais.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  2. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  3. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  4. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde
  5. Luneta Sonora 121: Um dia de recados soltos
  6. Luneta Sonora 120: Pessoas reais, conexões reais, propósitos reais

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.