Ordem no canal, pronto para decolar

Nada para fazer nesta quarentena? Então aproveitei para fazer algo que tava devendo faz muito tempo justamente no canal do YouTube: a organização do canal. Todos os 38 vídeos postados lá até agora receberam uma miniatura padronizada, com o atual esquema visual do Blog Josivandro Avelar, mesmo os vídeos mais antigos, alguns com descrições atualizadas. E assim será, lógico, com os próximos vídeos a serem postados no canal.

Passei a noite toda trabalhando para atualizar as miniaturas e alguns detalhes do canal, que não está abandonado. Muitos vídeos estão postados aqui no blog e estão sempre à disposição para serem vistos pelos leitores, afinal, o conteúdo é atemporal.

Print de tela do YouTube mostrando os vídeos do canal do Blog Josivandro Avelar com miniaturas personalizadas. Fim da descrição.
Resultado da organização das miniaturas de vídeo no canal do Blog Josivandro Avelar no YouTube.

O objetivo dessa organização foi trazer o canal para 2020, literalmente, percebendo há nove anos que esse é literalmente o futuro da TV, e vai ser bom ter uma TV. E que no futuro será essencial manter o projeto para voos maiores. Recursos não faltam hoje em dia para isso, e eu quero estar pronto para o melhor momento.

Um canal igual ao blog: tem de tudo

O meu canal do YouTube está lá há quase nove anos, onde posto de tudo mesmo e justamente por ser um canal onde eu tenho a liberdade de fazer o que quiser, lá tem vídeo de toda qualidade, ainda que a tecnologia da década passada não tenha colaborado muito, mas hoje as coisas mudaram e posso produzir conteúdos melhores com a câmera do atual celular.

Ali tem de tudo e posso destacar da operação de plataforma elevatória de ônibus em 2012…

…Até o superelaborado – para 2013 – #48folhas.

São vídeos de tempos diferentes, épocas diferentes, e que tal como o blog, estão lá como registros históricos. Apesar de muitos desses vídeos terem sido gravados com câmeras VGA e outros com edições feitas por mim que poderia chamar de toscas hoje em dia, eles tem o seu valor e não podem ser simplesmente desprezados. Fora que ali também estão trabalhos da faculdade.

Perceba que os vídeos já contam com as miniaturas padronizadas. Se você for conferir o canal, todos os 38 vídeos já contam com a miniatura personalizada, se alinhando com o atual estilo do blog.

Toda revolução começa simples

E para você que acredita que todo canal começou com um vídeo superelaborado, é porque você não conhece a própria história do YouTube, fundado em 2005 por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim, e adquirido no ano seguinte pelo Google.

E se você não sabe, o primeiro vídeo postado no YouTube – que está no ar até hoje e posso provar aqui – tem 19 segundos e foi este momento simplório de um de seus fundadores que mudou para sempre a partir daí o modo como consumimos vídeos na Internet.

Este é Me at the Zoo, o primeiro vídeo de todo o YouTube. O vídeo foi postado em 23 de abril de 2005 pelo cofundador do site Jawed Karim (é ele quem aparece no vídeo), tendo sido gravado por seu amigo do ensino médio Yakov Lapitsky. Quem diria que uma revolução começaria assim?

E justamente por causa do momento em que vivemos, da pandemia do COVID-19, que o YouTube mais do que nunca virou necessário para a reinvenção de quem produz conteúdo, do artista mais simples até o mais famoso de todos. Os youtubers produzem como nunca porque muitos começaram em casa. Agora temos lives de cantores famosos, que sem ter como fazer shows por motivos óbvios, fazem da plataforma a sua vitrine. E atraem o público que não pode estar junto deles nesse momento.

Organizar para se preparar

A mudança vem no mesmo momento em que iniciamos o investimento também no canal do Ônibus Paraibanos no YouTube. O canal da 612 Comunicação também tá lá, mas em stand by, pronto para qualquer outra intervenção que seja necessária dentro da atual proposta da marca.

Tudo, lógico, vai depender dos momentos e de como iremos trabalhar melhor os conteúdos, mas tudo está em constante atividade. E ao contrário do que as pessoas pensam, nada está parado. Tudo está à disposição.

Parar um tempo para refletir e desacelerar também permite colocar em prática ideias antigas, dentro da redação, dentro do que você pode. Para isso foi necessário organizar para se preparar.

E vamos nos preparar para decolar ainda mais alto, afinal, a gente calcula cada passo.

Compartilhe este post