Image

O poder de resolver

A gente quer ter o poder de resolver problemas e esconde muitas vezes os nossos próprios problemas e nossas próprias fraquezas.
,

Queria eu poder ter o poder de acreditar que eu posso resolver todos os problemas do mundo. Muita gente acha que tem o poder de resolver, mas não consegue resolver os seus próprios problemas. E bem, eu reconheço que eu sou assim. Acredito que quando a gente quer ter o poder de resolver, a gente precisa reconhecer os nossos próprios problemas.

De certo modo, a gente quer ter o poder de resolver problemas e esconde muitas vezes os nossos próprios problemas e nossas próprias fraquezas. Tenta, mas não consegue, afinal, muitos desses problemas e fraquezas são visíveis e não é pela nossa própria iniciativa que as pessoas se dão conta dos problemas que enfrentamos e muitas vezes escondemos.

Se todos os problemas que a gente tem tivessem essa facilidade de serem resolvidos, tudo estaria ótimo e viveríamos em um mundo dos sonhos, onde a gente não pudesse mais ter preocupações. Mas eu preciso resolver os meus próprios. Para derreter a bola de neve que eu sinto que possa vir. E quando vir, não for algo para me assustar.

E assim a gente luta para resolver os nossos próprios problemas. Em busca de resolver outros problemas lá na frente. O poder de resolver não é uma coisa inata. É algo que a gente precisa aprender e desenvolver. E poucos conseguem o poder de fazer derreter as bolas de neve que aparecem no nosso caminho.

Quando essas bolas de neve chegarem até nós, que cheguem no mínimo do tamanho de bolas de futebol. Só assim a gente consegue mandar para longe o que nos preocupa. Eu e minhas analogias loucas. Mas só assim eu consigo ilustrar melhor o que eu quero dizer e fazer o melhor para mim mesmo e para as outras pessoas.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.