No meio da madrugada eu escrevo… O quê mesmo?

É… Tô aqui fazendo isso mesmo.

Escrevendo algumas coisas, e nessa brincadeira deixei uma frente de quatro textos. Estão no rascunho. E são o ápice de cada exercício de escrita que eu fizer.

Vão ser bem mais que quatro, e se esse está no ar, é porque esse não foi um desses textos de frente. Assim vou exercitando uma coisa chamada escrita. Algo que domino muito bem.

É isso que eu faço no meio da madrugada. E acreditando que das possibilidades se extraem as ideias. Sim, vem cada coisa…

Que as vezes o importante é trabalhar bem o cérebro. Um motor, um computador.

Ou um celular, de onde escrevo esse post, quando um dia nem sonhava com isso.

Tô aqui fazendo isso mesmo. Exercícios mentais.

E ainda tem quatro textos guardados.

Alguns que sequer completei.

Compartilhe este post