MERA COINCIDÊNCIA

A Rede Globo de Televisão foi fundada em 26 de abril de 1965. Logo, em 2010, mais precisamente na próxima segunda-feira, completa 45 anos.

Para comemorar, o canal coloca no ar um comercial em referência a data. Mas alguém viu algo que soou, digamos, campanha eleitoral.

Soou mesmo campanha? Veja o vídeo abaixo:

Explicação para tal polêmica: a letra, segundo partidários de Dilma Rousseff, fazia referência a campanha de seu concorrente, José Serra, do PSDB, que tem como número o 45, justamente a idade a qual a Globo chega em 201o.

E não é só isso. O coordenador da campanha da ex-ministra, Marcelo Branco, viu algo de estranho, na opinião dele, em trechos da fala do comercial, como esse do destaque:

"Todos queremos mais. Educação, saúde e, claro, amor e paz. Brasil? Muito mais. É a sua escolha que nos satisfaz. É por você que a gente faz sempre mais"

Trecho final do comercial dos 45 anos da Rede Globo

Antes de mais nada, o canal não escolheu completar 45 anos. Nem imaginou que sua campanha, pelo fato de se realizar em ano eleitoral e por coincidência em cima de uma frase de um candidato pudesse gerar polêmica. O slogan da campanha de José Serra é “O Brasil pode mais”.

A emissora terminou suspendendo a veiculação do comercial 24 horas depois de seu lançamento, que foi ontem à noite. 24 horas suficientes para repercutir de tal modo a parecer campanha.

E nisso virou mais uma daquelas teorias conspiratórias das quais todos nós estamos cansados de ver. O clima pré-eleitoral cria essas coisas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

100 histórias A mudança das cores do WhatsApp Como usar o WhatsApp em múltiplos aparelhos Celulares onde o WhatsApp vai parar de funcionar Como funciona a verificação de contas no Instagram Como aparecer na pesquisa do Instagram Lista Telefônica é da sua época? Onde o WhatsApp vai parar de funcionar O Instagram bugou de novo! Ouvindo áudio antes de postar no WhatsApp Web Política de privacidade do WhatsApp ajustada para o Brasil Instagram dá fim ao “arrasta para cima”