Image

#ContentTalks: Comunicar, fazer arte, ser agente e presente

Comunicar, fazer arte, ser agente e presente. Muitos são os modos de comunicar, muitas são as maneiras de fazer arte, de todo jeito você pode fazer diferente.
,

Nesta semana de 15 anos do site, quero falar de uma coisa que é importante para que este projeto seja, de certa forma, único e importante para mim, para as pessoas que acompanham, e principalmente, para a cidade de João Pessoa. Porque não é mole, no atual cenário de comunicação que a gente tem por aqui, comunicar, fazer arte, ser agente e presente. Fazer um trabalho como o meu é desafiador em todos os aspectos, mas vale a pena.

Diante de todos os cenários que eu tenho, e diante dos desafios que eu me propus a enfrentar em nome dos meus ideais e da minha identidade, podem ter certeza de uma coisa: os próximos anos serão importantes para o Site Josivandro Avelar, justamente porque muito mais pessoas irão ouvir falar dele, se ainda não ouviram falar. E quem já ouviu falar ou já viu um post, vai querer seguir acompanhando para ficar de olho no que vem por aí.

Afinal de contas, eu já andei demais, eu já fiz coisas demais em 35 anos de idade. Agora eu quero ser agente e presente na vida da cidade e das pessoas, mas fazendo o que eu sempre fiz nesses 15 anos. Afinal de contas, a nossa vida é feita de fases, não só a nossa vida em si, mas também tudo o que a gente faz, quando a gente aprimora ideias, quando a gente realiza sonhos, quando a gente faz de cada coisa que a gente tem algo único e especial.

E falo isso para o mundo, para a nova audiência, para a cidade que queremos construir e para as pessoas que irão nos acompanhar. Afinal de contas, em muita coisa que eu construí foi mais fácil conquistar o mundo do que conquistar a rua, uma prova de que não é necessariamente uma bolha que vai te dar força, e sim pessoas que nem te conhecem direito, muitas vezes nem falam seu idioma, elas simplesmente gostam do que veem e dão força mais do que aqui dentro.

Se a gente consegue conquistar o mundo, a gente consegue conquistar a cidade. Os meus planos são macro, no sentido de trazer mais pessoas para incentivar o projeto, e micro, para dar visibilidade dentro da cidade como poucas pessoas fazem, afinal, eu faço o possível para que as pessoas conheçam melhor cada aspecto e cada pedaço do lugar onde vivem. Sinto que isso está se perdendo e te digo uma coisa: não é bom.

E para mim, cada pedaço importa. Não adianta esconder o que você acredita ser feio, o que importa é valorizar do terraço de casa a dispensa, mesmo que você não possa mostrar. Fiz muito com pouco até por aqui mesmo, e vocês não tem ideia dos planos que eu ainda tenho, que eu tive de esperar por conta do ajuste que fiz aqui no escritório, que fica no meu quarto, e agora eu posso realizar. Se preparem, que nós vamos voar mais alto.

Comunicar, fazer arte, ser agente e presente. Muitos são os modos de comunicar, muitas são as maneiras de fazer arte, de todo jeito você pode fazer diferente. O mais importante é mudar o tempo todo sem mudar quem você é, e não para menos este é o lema dos 15 anos do site. Comunicar e fazer arte pode ser até uma coisa que eu faço todos os dias, mas ser agente e presente é algo que eu vou ser em maior intensidade a partir de agora.

E nada como a semana dos 15 anos do site para mandar esse recado a quem for ouvir. Porque vocês saberão quem sou eu, para quem ainda não ouviu falar.

Não perca nenhum detalhe do mês mais produtivo do site! Siga-me nas redes sociais abaixo:


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.