Cada um que conte stories

Começou com o Snapchat. Aí o Instagram foi lá e copiou o recurso, chamou ele de Stories. Logo, os posts que somem em 24 horas se espalharam tanto que… Quem lembra do Snapchat? Acabei de chamar de Stories pelo título.

Não demorou e várias outras mídias foram atrás: o próprio Facebook, o WhatsApp, Behance… E agora é a vez do Twitter, que chamou o seu recurso de fleets – que em inglês é frota, que sentido faz isso? Não sei te dizer porque, mas vamos lá.

Tal como nas stories, segundo o Twitter, “essas postagens desaparecem depois de 24 horas e não têm retweets, curtidas ou comentários públicos”. Você pode adicionar imagens, gifs, e tuitar se quiser. Vamos tentar entender melhor o recurso nesse vídeo do próprio Twitter.

E qual é o primeiro lugar onde esse recurso está sendo testado? Sim, aqui no Brasil. E como todo bom curioso, eu fiz o meu primeiro fleet lá no meu Twitter – conta essa que tem nada menos que 11 anos.

Como não dá para compartilhar por motivos óbvios, aprecie este print – histórico – do meu primeiro fleet no Twitter. Porque é histórico? Porque me lembrarei disso quando praticamente todo mundo lá estiver usando.

Print de tela de celular mostrando o recurso fleets do Twitter, com uma mensagem de Josivandro dizendo "Fleets, mas não me chame de Stories do Twitter. Chegou para mim!". Fim da descrição.

Uma outra coisa que esqueci de falar e lembrei é que, tal como nos Stories do Instagram, você pode ver quem visualizou o seu fleet – eu ia falar stories pela força do hábito.

Só postei para lembrar…

Por ora, os fleets estão disponíveis apenas no aplicativo do Twitter, tanto no iOS quanto no Android. Além disso, como dito, os testes acontecem apenas aqui no Brasil.

As redes sociais chegaram no momento em que cada vez mais as histórias efêmeras e privadas ganham mais espaço, sem a eternidade, sem a posteridade. Com o Twitter voltando a ter uma certa relevância, essa é mais uma mídia a descobrir e a tirar proveito. É aquele famoso “só postei para lembrar”.

Desafios? Sempre vencemos nesse meio. Eu mesmo já vi muita coisa nascer e crescer em termos de mídia social, onde eu praticamente amadureci. Afinal, esse é o meu meio.

Cada um que conte a sua storie, que dure a posteridade, mesmo que na mídia social vá durar só um dia inteiro.