Image

A noção do tempo, onde ela está?

Quais atividades fazem você perder a noção do tempo?
,

Quais atividades fazem você perder a noção do tempo?

Daily Prompt

Ao longo do tempo que eu levei para escrever este post, diria que duas coisas me fazem perder a noção do tempo. Que te envolvem ao ponto de você não se dar conta de que o tempo passa e você tá lá, envolvido naquilo que te satisfaz como pessoa, profissional, indivíduo, enfim, como você mesmo.

O próprio trabalho no blog me faz perder a noção do tempo. Mas não, não é o de escrever propriamente dito. É de manter no ar. Configurar, não faltar um parafuso, no melhor sentido figurado da palavra.

Mas não só isso. Uma simples caminhada um pouco mais longa também me faz perder a noção do tempo, do tanto que eu quero me envolver com cada pedaço das ruas por onde eu passar. É pela sensação de estar, somente.

O que te faz perder a noção do tempo é isso mesmo, o que te dá satisfação de fazer. Porque você precisa ou colocar as coisas no lugar, ou simplesmente conhecer.


Uma pergunta sugerida pelo Daily Prompt do Jetpack: diariamente, toda vez que eu abro o app ou a sugestão de escrita diária, o Daily Prompt me sugere um tema. Siga-me no Instagram, no TikTok e nas demais mídias sociais.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 127: Sério que eu esqueci dos três anos do podcast?
  2. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  3. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  4. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  5. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  6. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.