Image

A lição que eu gostaria de ter aprendido mais cedo na vida

Compartilhe uma lição que você gostaria de ter aprendido mais cedo na vida.

Compartilhe uma lição que você gostaria de ter aprendido mais cedo na vida.

Uma lição que gostaria de ter aprendido mais cedo na vida é a de sempre desconfiar. O mundo é assim, cheio de vantagens e perigos. Mas eu aprendi um pouco tarde, e levo meu pé atrás com muitas coisas para a vida.

Eu sou daqueles que não confiam em uma determinada coisa logo de cara. Analiso, pesquiso se for necessário, enfim, eu sou uma pessoa muito ligada em tudo e que em tudo muitas vezes desconfia. E não é sempre, obviamente.

Quando você fica ligado em tantas coisas, você vive, você aprende. E aprende a entender as pessoas, saber se elas são confiáveis, se elas são dissimuladas, ah, isso tem muito! Eu costumo analisar muito antes de embarcar numa aventura.

E não embarcar em qualquer aventura. E sim na aventura da vida. Porque ela própria é uma aventura por si só, não é uma estrada pavimentada. Ela tem seus obstáculos, seus buracos, enfim, essa aventura é um caminho tortuoso e a gente precisa saber aonde pisa. Porque em muitos momentos, esse caminho pode ser um campo minado.

E aprender a desconfiar faz parte disso. Porque nada pode te distrair nessa aventura. E é essa lição que eu gostaria de ter aprendido mais cedo na vida.


Uma pergunta sugerida pelo Daily Prompt do Jetpack: diariamente, toda vez que eu abro o app ou a sugestão de escrita diária, o Daily Prompt me sugere um tema. Siga-me no Instagram, no TikTok e nas demais mídias sociais.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Luneta Sonora

Um podcast sobre tudo e o nada ao mesmo tempo.
  1. Luneta Sonora 126: Se eu esqueci de alguma coisa, eu não me lembro
  2. Luneta Sonora 125: Como eu esqueci de oito desenhos?
  3. Luneta Sonora 124: Que legenda este episódio merece?
  4. Luneta Sonora 123: A velha rotina está de volta
  5. Luneta Sonora 122: Nunca pode ser tarde, mas tem sido tarde
  6. Luneta Sonora 121: Um dia de recados soltos

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.