A IDEIA MAIS LOUCA DA MINHA VIDA

Num dia como hoje há 4 anos atrás, iniciei o blog. O que começou de uma ideia do acaso (uma ideia louca para a época, por bem dizer), depois de um tempo de planejamento, tornou-se uma realidade no dia 23 de dezembro de 2008.

 

a ideia mais louca da minha vida

Tudo bem, aos 20 anos, eu já estava seguro do que eu queria fazer: Comunicação Social. O estudante do segundo ano do Lyceu Paraibano que um dia sonhava em ser jornalista agora está a um ano de terminar o curso de Publicidade e Propaganda. Tudo bem, foi a melhor mudança de rumo que eu fiz na vida mesmo fixo na ideia de comunicar. E querem saber de uma coisa? Achei foi bom isso acontecer.

Aquela ideia louca de ter a minha própria página estava incubada faz meses. Não sabia por onde começar e fui logo acumulando os meus primeiros textos e imagens para aos poucos ir começando. Na noite do dia 23 de dezembro após muita consulta e curiosidade, resolvi começar e logo. Naquela ocasião, o objetivo de tornar uma ideia realidade não podia mais esperar um minuto.

Inventei um monte de coisas, fiz outras e me arrependi de poucas delas. Errei muito e acertei muito também. Mas fiz questão de deixar tudo por aqui para que as pessoas saibam que errando, a gente finalmente acerta.

E quatro anos depois, aprendi novas coisas, registrei um domínio, acumulei experiências, enfim, fiz a minha bagagem. E principalmente, amadureci. Tudo bem, os meus textos de inicialmente não eram lá essas coisas todas, mas eram coisas de quem ainda não tinha saído do ensino médio. E agora que estou a um ano de terminar a faculdade, além de sentir o quanto amadureci rápido por aqui, noto o quanto o próprio tempo passa, avancei em muita coisa, mas em outras continuei parado e quero logo sair do lugar.

Como tudo o que eu fiz e tudo o que eu participei passou pelos quase 1500 posts do blog (só parei para contar isso agora, pensei ter 1400 mas eram 1568 posts), tudo o que ainda estará por vir passará por lá. É muito bom ter um espaço para registrar o que você mais gosta de fazer.

Falar outras tantas coisas que falaria nos anos anteriores seria para mim redundante demais. No mais, gostaria de agradecer a você que acompanha o projeto, desde o início ou se você pegou qualquer outra fase de nossa história, pela paciência em ler nossos textos e observar cada imagem que postamos aqui todos os dias ou de vez em quando. É isso que vale a pena cada momento das minhas horas vagas (ou não, quando o blog participa da minha formação como já aconteceu várias vezes). E note o quanto não construí isso tudo sozinho; muitos personagens da vida real passaram por aqui para tornar histórias possíveis.

A bagagem é grande. Mas aqui dentro, ainda tem muito espaço para muitas histórias, ideias, invenções, momentos que quero compartilhar. E espero continuar contando com a sua atenção para juntos espalharmos ainda mais essas boas ideias, mesmo que sejam loucas na maioria das vezes, mas se a gente não se permitisse ousar, não chegaríamos tão longe como chegamos, e ainda chegaremos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Como usar o WhatsApp em múltiplos aparelhos Celulares onde o WhatsApp vai parar de funcionar Como funciona a verificação de contas no Instagram Como aparecer na pesquisa do Instagram Lista Telefônica é da sua época? Onde o WhatsApp vai parar de funcionar O Instagram bugou de novo! Ouvindo áudio antes de postar no WhatsApp Web Política de privacidade do WhatsApp ajustada para o Brasil Instagram dá fim ao “arrasta para cima” Capa nos destaques das stories do Instagram Criando link do WhatsApp