32 HORAS DEPOIS, TEMOS ÁGUA 

O abastecimento de água no Rangel – e no Cristo – só voltou de meio-dia, 32 horas depois.

O problema todo, que começou no final da madrugada de ontem, foi gerado por mais uma tubulação da Cagepa, dessa vez na José Francisco da Silva, rua essa onde os estouros de cano acontecem volta e meia – é a rua onde fica o reservatório de água, a famosa coroa.

Por conta disso, o que mais se viu nessa manhã foi gente comprando garrafões de água mineral. As revendedoras de gás devem ter vendido como nunca.

A gente sempre espera que situações como a desse fim de semana não se repitam. Nem que se passe tanto tempo sem água por aqui.

32 horas foi um pouco demais. Mas não se pode esperar muita coisa de uma tubulação de 50 anos, que só pode ser trocada desse jeito.

Compartilhe este post