VAI COM O QUE TEM

Como dito, o meu celular anterior havia falecido.

Aí vamos com o que temos: este LG Optimus E615F.

Ele já foi meu celular do início de 2014 até 2015. A cobertura da entrega dos ônibus de 2014 foi feita nele.

Em setembro de 2015, o troquei pelo Moto G2.

Sim, o Motorola foi o que mais durou. E o primeiro a ser inutilizado.

Esse e meu outro Android antigo – um Galaxy Y – funcionam até hoje. Mesmo encostados na gaveta.

Eram ruins de memória e processamento.

Mas não comiam tanta bateria.

Nem esquentavam.

Que venha o quarto.

Enquanto isso, vamos com o que temos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.