TRÊS E NOVECENTOS

O que são quase onze anos escrevendo um monte de histórias, algumas sem sentido nenhum até – para alguns que não acreditam no que é vida real, como é a minha cabeça, e como tudo muda na velocidade da luz.

Tudo muda o suficiente para num piscar de olhos estar a cem histórias de quatro mil posts. Tudo isso ainda chega esse ano, com uma história aqui e ali, uma matéria aqui e acolá, e os calendários de 2020 que não tardarão, tão rápido o ano passa.

Ainda há esperança, ainda há um pouco de animação, depois de quase 11 anos e 3.900 posts.

Animação que procuro e talvez nunca há de faltar. Ela não está escondida por aí, tenho certeza.

Compartilhe este post