Ser o que se é sem mudar

A construção da minha identidade é a melhor parte de mim. De ser o que se é sem mudar. De ser o que se é de várias maneiras sendo de uma maneira só. E sempre se modernizar.

Mas o que seria mudar sem mudar? A gente muda com a tecnologia, muda com o tempo, mas jamais pode mudar o que você pensa. Todas as pessoas que me conhecem sabem disso. E nada pode me mudar, porque sou e nasci assim.

E é essa identidade é a linha editorial desta página que você lê. De vez em quando trazendo ideias novas, de vez em sempre com as minhas características. Porque você é diferente. O que seria do mundo se todos fossem iguais?

É por isso que insisto sempre. Insisto quando parece que nada vai dar certo. Porque uma hora volta a dar certo! Porque toda tempestade termina com o Sol saindo por trás das nuvens. É essa resiliência que me faz cada vez mais forte.

E a cada momento de dificuldade, sempre arrumo um jeito. Mas consigo sair de cada momento de dificuldade mais forte. E extrair as lições.

O que se é não se muda. E se pode ser o que se é sem mudar. A gente pode até se modernizar, mas jamais irá perder a nossa essência.

Inspirado no desafio Bloganuary do WordPress.com

O tema do vigésimo sexto dia é “Qual é a sua parte favorita sobre você?” Só pode ser a identidade que eu construí ao longo dos anos – e continuo construindo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

WhatsApp vai deixar de funcionar nos iOS 10 e 11 A semana no blog- 15 a 21 de maio Sair dos grupos do WhatsApp sem ser notado? Seria um sonho? A semana no blog- 8 a 14 de maio Como usar as reações em mensagens do WhatsApp