PELA ESTRADA DA VIDA

De bobeira, desenhei uma Kombi.
 
Mas aí você se pergunta: porque o fascínio por esse carrinho?
 
Simples: se pudesse, queria ter uma.
 
Falta só o mais importante: saber dirigir. Para isso, teria que tirar uma carteira de motorista, lógico!
 
Não gosto de andar com um celular quando vou sair por aí, e quem me conhece sabe o quanto ando muito! Muito além do caminho de ida e volta. Retardar a volta para casa sempre que possível. E aí você sai com um celular, e o GPS sabe para onde você foi.
 
E eu não quero que um GPS determine para onde eu vou. Como diria Renato Teixeira em sua canção “Frete” (aquela de Carga Pesada, lembra?), “eu conheço cada palmo desse chão”. E eu nem quero saber por onde passar, só quero saber de contemplar o caminho. Ver detalhes que ninguém repara.
 
E seria aqui que eu controlaria a temperatura do ar, de sentir o vento se eu quiser sentir, de ir por onde gostaria de ir.
 
Quem gosta de biscoitos, não se conforma com balinhas.
 
E ah, de preferência, biscoitos com um bom café.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Como aceitar o convite de posts colaborativos no Instagram Como publicar posts colaborativos no Instagram Posts no Instagram no computador para todos A nova home do Blog Josivandro Avelar Novidade no Close Friends do Instagram