Image

O meu balanço de 2022, o ano em que eu quebrei recordes

Chegou o momento mais esperado deste site: o balanço anual. Quem diria que uma agenda de trabalho estável traria números incríveis, não é?
, ,

Último dia do ano, e esse é o momento que eu mais esperava: o balanço anual do site. Isso tudo porque este site é uma síntese de tudo o que os nomes anteriores dele são: o Diário do Josi e o blog de Josivandro Avelar, daí mistura tudo isso e olha aí: é o meu site. E justamente por ser diário, autoral e com um tema por dia determinado numa agenda em que eu me estabeleci escrever quatro posts por dia numa programação predeterminada, esse foi o ano que eu quebrei recordes. E não é para menos.

Eu prometi que iria superar todos os números de 2021 e… Consegui ir ao infinito e além.

Foram produzidos, contando com este e os dois próximos, 885 posts, de longe, mais que os 285 de 2021. Maior número de posts produzidos em apenas um ano em toda a história do site. Sabe o que isso significa? Fiz em apenas um ano o que eu produzi em cinco anos. Quem é que se conformaria em passar dias sem fazer nada? Tá aí. Foram quase 270 mil palavras digitadas nesse ano. Uma média de 304 por post.

E ah, sabe essas artes aí de cima? Fiz 819, mais uma vez de longe – e acostume-se com essa expressão – maior do que 2021, quando foram feitas 277. Elas foram bem menos que os próprios posts porque algumas dessas artes eu reaproveitei, como na minicoluna. De qualquer modo, é o maior número de site graphs feitos em apenas um ano. Desde a adoção do tema Luneta III, as site graphs passaram a ter tamanho fixo, e só neste ano foi feito praticamente o dobro das artes de site graph do que a soma dos últimos dois anos.

132 web stories foram produzidas, com 130 artes, nas quais três foram com artes repetidas. Elas eram postadas sempre nas terças-feiras e nos sábados. 32 comentários foram feitos pelos leitores – fora o feedback que eu sempre gosto de dar para que os leitores não sintam que estejam longe. No ano passado foram 45.

E o que dizer das artes das redes sociais? Foram produzidas 1437 artes, três vezes mais do que a soma dos últimos dois anos. Somente. Isso só as artes de feed, e nem contam aqui as artes que não foram ao ar e só serão contabilizadas no próximo ano. Em 2021 foram apenas 464. Fora a produção das artes para stories, que neste ano foram 298, contra 80 em 2021.

E o Luneta Sonora? Retomado em fevereiro e passando a ser atualizado todas as sextas-feiras, 48 episódios foram ao ar.

Fora que este ano foi o ano do vídeo e não dá para escapar da tendência. Todo dia os canais deste editor no TikTok, no Kwai e no YouTube foram atualizados. Quase 150 vídeos foram ao ar nesse tempo.

Houve uma queda de visualizações, de quase 4 milhões para 100 mil anuais. É necessário ser transparente, porque tem coisas que não dá para entender, e eu procuro sempre melhorar. Mas eu sei que eu preciso melhorar.

Web story especial

E todas essas estatísticas foram resumidas em uma web story especial aqui no site. Hoje é o dia delas, porque os próximos posts terão a companhia delas.

E daqui para frente?

Daqui para frente, é seguir trabalhando. E melhorar ainda mais. A meta que virá é a de estar com vocês em todos os dias de 2023. De algum jeito e mesmo não parecendo, por isso vários rascunhos e materiais de reserva serão produzidos, porque se em algum momento eu precisar, eu terei material sempre à disposição.

E todos esses números foram possíveis graças ao estabelecimento de uma agenda de posts. Foram estabelecidos temas semanais, que permanecerão nos mesmos dias para criar um certo hábito, primeiro para mim, depois para os leitores, e depois investimento na produção de material. O próximo passo é o estabelecimento de parcerias de trabalho, e tenho isso em vista.

E tudo isso na certeza de que 2023 será ainda melhor. Porque o que eu trago deste ano é uma rotina. E isso não irá parar. Ter estabelecido uma rotina de trabalho estável foi a minha conquista nesse ano de 2022. E se eu consegui cumprir as minhas metas para esse ano com folga, quero bater mais recordes e acumular mais conquistas em 2023.

Então, vamos construir um 2023 ainda melhor do que foi esse ano? Desde já, você está convidado a me acompanhar.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Clássicos da Luneta

Posts de anos anteriores para relembrar.