Image

O início do fim do ano

Se não tiver emoção no início do fim do ano, não é início do fim do ano.

Sabe quem chegou, não é? É ele, o início do fim do ano, e eu aqui gastando as crônicas que ainda restam no rascunho do site. Sei que preciso produzir novas crônicas, mas isso depende da disponibilidade. Ainda mais agora que estamos perto de dezembro, com algumas emoções de brinde.

Ainda mais agora que, apesar de ter feito tudo o que eu pude com o meu computador, por questão não só de atualização como também a sensação de que ele está indo, que teremos troca de máquina. Lutei na atualização do celular, na incorporação do tablet, e lá vou eu pesquisar preços de novos equipamentos de novo.

Até porque a atualização dos equipamentos é uma constante no meu trabalho. O que eu já troquei e vendi de coisa para poder ter o mínimo de condições de trabalho não é brincadeira. Mas a gente trabalha é para isso mesmo, não é? Além disso, preciso acelerar algumas coisas porque é o próprio ambiente de trabalho que vai entrar em reforma.

O décimo quinto aniversário deste site promete. E este é apenas o início do fim do ano, cheio de emoções porque sim. Porque se não for assim, este trabalho não teria graça. A graça do meu trabalho são as emoções e o dinamismo das coisas que eu enfrento.


Receba os posts do site em seu e-mail!

Toda vez que um post for publicado no site, você irá receber na hora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Antes de deixar o seu comentário, leia a Política de Comentários do site.

Assine A Luneta

Receba os posts do site em uma newsletter enviada às segundas, quartas e sextas, às 8 da manhã.