DESTAQUES DE UMA MEIA-NOITE DE DEZEMBRO

Até que tava demorando. Mas dezembro será assim. Intenso e como uma maratona. No ar, os destaques de uma meia-noite de dezembro.

Se vocês não notaram o post anterior, as duas artes que o ilustram tiveram como fundo a cor do ano de 2017, anunciada ontem. Sim, o verde-verdura, ou Greenery, segundo a Pantone, autoridade mundial em termos de cores.

Cores transmitem sensações, e pelo que andei lendo, afinal como uma pessoa que gosta desse universo da criatividade e da tecnologia, o sentido da escolha desse tom de verde traz exatamente esse sentido de renovação, recomeço, reconexão com um mundo cada vez mais estressante. E é por aí mesmo.

O que em outras palavras, transmite a sensação de um ano em que o que manda é o desejo de esperança. Você deve ter entendido o sentido daquele post.

É o sentido de estar bem consigo mesmo e nunca perder a esperança no futuro.

Ah sim, vamos lá. Vocês perceberam que comecei devagar, mas aqui estão os primeiros calendários de 2017. Todo ano é um ano. Você está bem num momento, no outro não está, mas você mantém a calma, a paciência, o autocontrole e pronto! Você conseguiu superar mais um desafio e agora já pode acelerar.

Amanhã tem mais. Amanhã? Hoje mesmo. Só amanhecer o dia, que esqueço quase sempre ou quase nunca que sempre vira de meia-noite.

Um dia é sempre diferente do outro. E no próximo você já se acostuma, afinal, é fundamental manter as tradições que você criou.

Como a dos calendários. Amanhã tem mais.

E é isso. Descansem bem e sonhem com os anjos. Boa noite.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Sair dos grupos do WhatsApp sem ser notado? Seria um sonho? A semana no blog- 8 a 14 de maio Como usar as reações em mensagens do WhatsApp A semana no blog- 1 a 7 de maio Novidades em teste no WhatsApp em múltiplos dispositivos