2012: QUE ANO FOI ESSE?

Fotoartes, vídeos, imagens, posts, projetos, Está no ar o Top Five 2012 do Blog Josivandro Avelar, com os cinco momentos mais marcantes do ano.

Dos cinco momentos mais marcantes da história do blog, os dois que estão na primeira e segunda posições deste Top Five  aconteceram num intervalo de cinco dias. E ao que dá para ver, o ano literalmente aconteceu entre outubro e novembro. Em setembro iniciamos a construção das fotoartes. Tem a ver um pouco com o fato de que desde julho o blog é escrito de um computador próprio; anteriormente, o blog era gerado do computador do meu irmão que depois passou a ser meu – mas queimou e daí em diante passei a dar um jeito de continuar o trabalho no improviso. E agora que essa fase passou, pude assim com a base própria ter um pouco mais de tempo para administrar e mais possibilidade de criar o que quiser. E ajudar a criar.

que ano foi esse

Muito do que está aqui foi possível graças aos colaboradores e pessoas que ajudaram muito para que esses fossem os cinco momentos mais marcantes do blog em 2012. Chegar a 4 anos de bagagem não é mole.

As fotoartes, que foram sem dúvidas divisoras de águas na história desta página e de seu relacionamento nas redes sociais, estão representadas em 2 posições. E como nada na vida vem sozinho, os vídeos de TV compostos como trabalhos de faculdade no regime de co-produção, estão também representados. E uma concorrência criativa que deixou uma impressão numa empresa, em uma. 2012 foi o ano que fizemos história.

E entre exatos 400 posts (sim, este é o post de número 400 do ano de 2012), estes foram, em ordem decrescente, os cinco momentos mais marcantes da história do blog no ano de 2012.

5- A pintura da PB Rio

Onde começou: Um exemplo de concorrência criativa (2 de janeiro)

E assim começamos o ano de 2012; ajudando uma empresa de ônibus a arrumar um novo layout para seus veículos. Quem lançou o concurso foi o portal Ônibus Paraibanos em parceria com a empresa de ônibus PB Rio, que na ocasião estava procurando uma nova pintura. E depois das boas experiências que tive com a disciplina de Design Gráfico resolvi ceder espaço nos blogs as mídias para divulgar o concurso e ajudar os concorrentes com dicas, bem como acompanhando o andamento do concurso.

Depois de 20 layouts enviados (todos foram publicados em série do Blog de Desenhos), o escolhido foi o desenvolvido por Lucas Rodrigues. O blog elaborou um manual de identidade para a empresa após a definição do layout.

A empresa prometeu que iria modificar o desenho, e de fato cumpriu. Inseriu uma nova tipologia de marca no final do ano. Vários veículos foram adquiridos e reformados pela empresa após o concurso que ajudou a PB Rio a redefinir a sua imagem. O que deu certo.

4- Cataratas no barril

Onde começou: Hoje eles resolveram cair (26 de novembro)

A ideia de jogar o mau serviço nas cataratas – inspirado no frame da cena do desenho Pica-Pau – surgiu com a finalidade bem-humorada de protesto. Já fiz quatro artes jogando marcas como a Oi, a Tim, a Energisa e a Cagepa (essa última, inclusive, foi uma das mais esperadas, sendo publicada no Facebook) no barril e elas fizeram sucesso, afinal, nada como canalizar o sentimento das pessoas numa imagem.

O barril fez sucesso pelo Brasil. E volta e meia sempre vem alguma sugestão para jogar algum órgão ou prestadora de serviço na animação do barril. Esperamos não usar tão cedo essa arte em 2013. Mas se depender do mau serviço de alguns órgãos…

…Caem no barril bonito.

3- Corta, cortaaaaaaaaaaaa!

Onde começou: Corta, cortaaaaaaaaaaaa! (20 de novembro)

Não é desse jeito, vamos melhorar! Foi criando um bordão que o segundo vídeo do trabalho da disciplina de TV e Cinema entrou para a história e no terceiro lugar desta retrospectiva.

Criado como tarefa da disciplina de divulgar o curso de Publicidade do IESP, entre os trabalhos foi o único que utilizou dramatização. O vídeo foi bem trabalhoso de ser feito; para levar até você este vídeo de 45 segundos, a equipe levou 3 dias para fazê-lo, entre captação de imagens e edição. O bordão foi repetido a exaustão para que saísse direitinho e o resultado é esse.

Não por acaso, o editor deste blog aparece como figurante em várias tomadas do vídeo.

2- #chegajorge

Onde começou: Chega Jorge (25 de outubro- a arte foi ao ar um dia antes no Facebook)

A princípio seria só mais uma das minhas brincadeiras envolvendo imagem, texto, cores e edição, o que chamei fotoarte. Seria.

Colocada no ar às sete para as dez da noite do dia 24 de outubro (ou seja, em horário nobre) após meia hora de edição, #chegajorge entrava no ar no buzz gerado pelo lançamento da novela global Salve Jorge, que havia estreado três dias antes. A sinopse da novela foi o conceito perfeito para definir não os guerreiros da novela, mas sim os guerreiros dos bairros de João Pessoa que dependem da Viação São Jorge, uma das operadoras do transporte público da capital paraibana. A operadora é famosa pelas reclamações, atrasos e quebras, entre outros problemas enfrentados por quem depende da São Jorge.

No dia seguinte, o que seria só mais uma imagem que fiz começou a ir longe. E essa brincadeirinha hoje chegou a alcance municipal: com mais de 891 compartilhamentos. Gente de todas as partes da cidade, dos bairros mencionados na fotoarte, e até mesmo quem sentiu falta do seu bairro, mas se identificou assim mesmo. Canalizara ali a insatisfação do pessoense com seu sistema de transporte.

Quem mora em JP entendeu o sentido da mensagem. Fora dela gerou até malentendidos que já foram devidamente esclarecidos. Foi uma brincadeira que todos aqui levaram na esportiva.

1- O vídeo do PalhaSUS

Onde começou: Hoje tem palhaço? Tem sim senhor! (1 de novembro- gravação realizada no dia 29 de outubro)

A estratégia do primeiro vídeo da disciplina de TV e Cinema era, literalmente, uma estratégia de amor, como diz a frase de Patch Adams. A missão era criar um trabalho de tema livre com o qual a gente familiarizaria-se com o ambiente e com os ângulos de câmera. E podíamos falar daquilo que a gente bem quisesse. Foi na proposta do trabalho que Jacielly Farias teve a ideia de divulgar o projeto PalhaSUS, desenvolvido por alunos da UFPB. O primo dela, Félix Júnior, é um dos integrantes do projeto.

Depois de uma reunião com a equipe do vídeo para a definição do roteiro, a captação de imagens foi realizada em um dia só, no dia 29 de outubro, com a participação de nove componentes do projeto. Foi O dia. Ajudei na produção do vídeo, na parte da gravação dos depoimentos onde fiz as perguntas, entrando na brincadeira e até caindo nas pegadinhas (né, hã?) dos personagens. Foi a minha primeira experiência na condução de entrevista. Invadi até uma sala de aula. A produção inteira caiu na brincadeira.

O vídeo foi editado 2 dias depois e entrou no ar à meia-noite do dia 1 de novembro. Entre os vídeos produzidos na tarefa esse foi o mais visto e compartilhado. E isso nos rendeu a nota dez.

E 2013, como será?

Bem, como vocês puderam ver, 2012 foi um ano de momentos para guardar, que envolveram mobilização, empenho e sucesso, e em muitos casos surpresas boas. E é essa fórmula que iremos levar em 2013.

A de transformar através da comunicação, levando mensagens positivas e leves, e o que faz a vida realmente ter um sentido. Amanhã irá fazer 4 anos que o blog existe. Olhando para trás, vi que errei e acertei muito para chegar até aqui. E agora que consolidamos o projeto, vamos mais longe ainda. Contar novas histórias, viver tudo de novo daquilo que a gente gostou de fazer, nos superar naquilo que nós realmente nos encontramos.

E esperamos trazer em 2013 momentos tão ou mais inesquecíveis e felizes quanto foram esses. Novas histórias, novas sensações, novos momentos, novas descobertas. Tudo em ritmo de constante reinvenção. E é reinventando que, a cada dia, contamos novas histórias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

100 histórias A mudança das cores do WhatsApp Como usar o WhatsApp em múltiplos aparelhos Celulares onde o WhatsApp vai parar de funcionar Como funciona a verificação de contas no Instagram Como aparecer na pesquisa do Instagram Lista Telefônica é da sua época? Onde o WhatsApp vai parar de funcionar O Instagram bugou de novo! Ouvindo áudio antes de postar no WhatsApp Web Política de privacidade do WhatsApp ajustada para o Brasil Instagram dá fim ao “arrasta para cima”