josivandroavelar.com.br

A polêmica política de privacidade do WhatsApp

O WhatsApp anunciou na primeira semana de janeiro a atualização de sua política de privacidade.

A partir dessa nova política, o compartilhamento de dados com o Facebook, que é dona do aplicativo, passará a ser obrigatória.

A concordância é obrigatória para quem quiser continuar usando o aplicativo, ou seja, quem não concordar, cai fora.

O público não gostou muito e muita gente já até estuda alternativas.

Mas o que é exatamente essa política de privacidade?

Se trata da maneira que o Facebook pretende usar os dados do WhatsApp, como número de telefone, dispositivos, cookies, para na visão da empresa, operar, executar, aprimorar, entender, personalizar, dar suporte e comercializar seus serviços.

Porém a medida, apesar de estar detalhada em uma página específica no WhatsApp, não parece estar muito clara para os usuários. Por conta disso, vários usuários resolveram migrar para outros aplicativos de mensagens, como o Telegram e o Signal.

Irão os aplicativos concorrentes aproveitar o vácuo dos usuários insatisfeitos? Cenas dos próximos capítulos.

Enquanto isso, tem gente saindo, não é para menos. E isso é um dado considerável.

Imagens:  Reprodução Giphy/Unsplash

Quer saber mais?